Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogtailors - o blogue da edição

Comunicado APEL

20.05.08
Reproduzimos o comunicado da Porto Editora, acabado de chegar, intitulado " APEL assegura organização da Feira do Livro de Lisboa para 2009":

«Após uma intensa maratona negocial, foi celebrado na noite de ontem, segunda-feira, 19 de Maio, um Memorando de Entendimento sobre a Feira do Livro de Lisboa entre a Câmara Municipal de Lisboa (CML), a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros– APEL e a União de Editores Portugueses (UEP).

A APEL partiu para esta derradeira etapa de negociação com três objectivos muito
claros:
- garantir a realização da 78.ª Feira do Livro de Lisboa, que se encontrava verdadeiramente em risco;
- assegurar que a edição deste ano tivesse o maior número de participantes e representasse o universo editorial português na sua plenitude, pois é esse o verdadeiro espírito da Feira do Livro;
- e acautelar, desde já, a organização da Feira do Livro de Lisboa de 2009 com base num processo de renovação que defendesse os interesses de todos os participantes, independentemente da dimensão empresarial.

Estes três aspectos estão devidamente consagrados no referido Memorando de Entendimento, que reafirma a APEL como organizadora da Feira do Livro de Lisboa de 2008 e atribui-lhe a responsabilidade pela Feira do Livro de Lisboa de 2009.

Neste contexto, a participação, a título excepcional, do Grupo Leya através de stands diferenciados só teve a concordância da APEL a partir do momento em que ficou definida, para o projecto de modernização a implementar em 2009, a garantia de “igualdade de oportunidades aos editores e livreiros de diferentes dimensão e capacidade financeira, com particular atenção às necessidades dos pequenos editores”.

A APEL confia que só com base nestas premissas se respeita o inegável interesse público da “maior livraria do país”, a única que possibilita o acesso a toda a edição portuguesa, com especial destaque para os livros e autores que, no resto do ano, são particularmente difíceis de encontrar nos diferentes espaços comerciais.

Por fim, a APEL afirma que se empenhará para que, apesar de todas as contrariedades, a 78.ª Feira do Livro de Lisboa seja um sucesso e mereça a visita de todos os que gostam do livro.

A DIRECÇÃO

20 de Maio de 2008»

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.