Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogtailors - o blogue da edição

84.ª Feira do Livro de Lisboa começa amanhã, dia 29

28.05.14

 

«A 84.ª Feira do Livro de Lisboa abre na quinta-feira, no Parque Eduardo VII, com 250 novos pavilhões de 537 editoras e chancelas, mais 80 do que no ano passado, e um conjunto de atividades que inclui um "picnic literário".

 

O número de pavilhões é semelhante ao do ano passado, mas com um design novo, disse à Lusa fonte da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), que organiza o evento.» Ler no iOnline.

 

«O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, e o presidente da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, João Alvim, inauguram na quinta-feira a Feira do Livro de Lisboa.

 

O parque Eduardo VII volta a ser o cenário da Feira do Livro, que, nesta 84.ª edição, espera receber mais de 500 mil visitantes e muitos autores e ilustradores, entre eles, Jeff Kinney, autor de «O Diário de um Banana», e que foi nomeado pela revista Time como uma das pessoas mais influentes em todo o mundo.» Ler no Diário de Notícias.

 

«O Grupo LeYa está presente com 14 pavilhões, de acordo com os números da editora, organizados numa praça própria e, pela primeira vez, fará entrega do Prémio LeYa, no valor de 100.000 euros, na feira.

O Prémio Leya 2013 foi ganho por Gabriela Ruivo Trindade, pelo romance, Uma outra voz, e será entregue no dia 7 de junho, por Miguel Pais do Amaral, presidente do Conselho de Administração do Grupo.

 

A LeYa mantém a tradição de entregar também os Prémios do Concurso Literário Uma Aventura, que acontecerá no dia 2 de junho, com a presença das autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, e de cerca de mil alunos, segundo previsões da LeYa.

 

O grupo, que inclui, entre outros, a Editorial Caminho e a Casa das Letras, apresenta no certame uma nova imagem e "um programa forte e diversificado assente, também ele, na diversidade dos livros e dos autores publicados", disse à Lusa fonte editorial.» Ler na RTP.

 

«Além das editoras e suas chancelas e da participação de Moçambique, que se inscreveu, a Feira conta ainda com a participação de dez alfarrabistas.

A modernização do equipamento da Feira passa também pelo seu auditório, a meio do Parque Eduardo VII, um espaço fechado de 90 metros quadrados, climatizado, com capacidade para 80 pessoas. Aqui se realizarão vários debates, palestras e apresentações de livros.» Ler na TVI24.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.