Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogtailors - o blogue da edição

Entrevista à escritora Nélida Piñon

10.02.15

 

«Em 2005, Nélida Piñon torna-se o primeiro, e até agora único, escritor em língua portuguesa a ganhar o Prémio Príncipe das Astúrias. Escreve--se no masculino porque, apesar da condição feminina da autora, a distinção surge num contexto que não tem género, ou pelo menos não deve ter, mas onde, paradoxalmente, a tradição linguística impõe essa opção para se designar um universo que se pretende abrangente e desprovido de diferenças. Escreve-se no masculino no ano em que o prémio passa a chamar-se Princesa das Astúrias, adaptando-se aos novos tempos da monarquia espanhola. As metamorfoses são também uma constante da obra e da vida de Nélida Piñon, que viu reeditado, no final de 2014, o seu aclamado romance A República dos Sonhos, mote de uma conversa em que se fala de literatura, olhares, universos, e da grande motivação que é a vida.» Ler no iOnline.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.