Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogtailors - o blogue da edição

Fundação Calouste Gulbenkian publica inéditos de Agustina Bessa-Luís

28.08.14

 

«Cinco inéditos de Agustina Bessa-Luís, concluídos na segunda metade da década de 1960, foram editados pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), num volume intitulado Elogio do Inacabado, anunciou a instituição.

 

A publicação insere-se no âmbito do Congresso Internacional Ética e Política na Obra de Agustina Bessa-Luís, que se vai realizar nos próximos dias 14 e 15 de outubro, na Fundação Gulbenkian, em Lisboa.

 

Os cinco manuscritos que integram este volume são «Homens e Mulheres», «As Grandes Mudanças», «Coração-de-Água», «O Caçador Nemrod» e «Os Meninos Flutuantes». 

 

Trata-se de "esboços de romances que Agustina Bessa-Luís escreveu durante um interregno editorial que só terminou em 1970, com a publicação de As Categorias, afirma a FCG.» Ler no Diário de Notícias.

 

«"Os textos não publicados pelo autor, que ficaram inacabados, podem ter sido objeto de abandono, adiamento ou ser esboços que depois são retomados noutros livros. A sua edição vem cumprir o que neles ficou interrompido, o endereçar-se aos leitores", afirma no prefácio Silvina Rodrigues Lopes, especialista na obra da autora d’A Sibila.

 

Para Silvina Rodrigues Lopes, os livros da escritora amarantina "estão entre os instauradores da modernidade literária, que não se confunde com ideias vanguardistas ou de progresso, e onde se afirma que a liberdade não é uma prerrogativa de que se usufrui, mas uma exigência".» Ler no Observador.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.